Produção: Caio Lima (@caiorede) e Patricia Quartarollo (@poderosoresumao)
Arte do episódio: Nátali Nuss (@nuss.art)
Autor(a): Mahmud Darwich
Editora: Tabla
Ano: 2021
Páginas: 216
Tradução: Safa Jubran

Mahmud Darwich é considerado o poeta palestino. Tendo escrito a Declaração de Independência da Palestina, sua importância é inquestionável. Desta forma, a editora Tabla traz brilhantemente seus livros para que possamos desfrutar da sua grandeza e sensibilidade. Em Memória para o Esquecimento, traduzido pela igualmente grande Safa Jubran, Mahmud narra e reflete o dia 06 de Agosto de 1982, exato um mês depois da ocupação israelense em Beirute, no Líbano, lugar em que parte do povo palestino tentava fincar raízes e se afirmar enquanto povo.

Entre o alívio imediato do aroma do café e o medo de mísseis direcionados exclusivamente para as suas janelas, o poeta, cada vez menor, elabora profundas reflexões sobre a liberdade, a vida, a paz e o que há de mais humano em nós, a impotência. Um libelo literário, capaz de se conectar com as aspirações de liberdade de todos os povos e comunidades oprimidas, Darwich é um acontecimento da luta e da literatura, uma das grandes figuras do século XX sem sombra de dúvidas.

Leitura do poema Carteira de Identidade (Mahmud Darwich): Pedro Nogueira (@nogueiro)

Intro e encerramento: Rajawi Filistini, principal canto de torcida do time marroquino Raja Casablanca em solidariedade à luta Palestina | Fala de Nelson Mandela sobre a autodeterminação Palestina.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Comentários feitos enquanto deslogado ficarão pendentes de aprovação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *